Loading

3 dicas para produzir conteúdos de qualidade na web

By João Eisenmann In Produção de Contéudo março 14, 2017

A internet é um oceano de informações aparentemente aleatórias que fluem com uma rapidez impossível de acompanhar. Seja enquanto indivíduos comuns, seja enquanto grandes corporações sedentas por explorar e se consolidar nesse mercado em que nem o céu é o limite, estamos todos no mesmo barco no que se refere ao dinamismo quase enlouquecedor da internet. Coisas muito boas se perdem ao mesmo tempo em que banalidades e questões mal construídas se destacam. Como não se afogar? Como fazer com que ideias relevantes e produtos ou serviços diferenciados ganhem o alcance necessário e não caiam na vala comum dos conteúdos irrelevantes nas redes sociais?

Sem medo de errar, o único caminho possível é a qualidade. Produzir conteúdos com alto valor cultural agregado, no tempo certo e com um direcionamento minucioso e certeiro é, sem dúvida alguma, o método comprovadamente eficaz para alcançar o coração e a mente das pessoas. O verbo “produzir” aqui faz toda a diferença, pois o conceito passa justamente pelo processo, pela produção em etapas guiada por um planejamento cuidadosamente construído. Não se trata de criar arbitrariamente uma postagem no Facebook a partir de um bom insight, ou melhor, não se trata apenas disso, já que a máxima da publicidade de que tão importante quanto a inspiração é a transpiração se aplica perfeitamente também quando falamos de conteúdos digitais.

Muito bem, mas como produzir os benditos conteúdos de qualidade? São várias as dicas que estão acessíveis aos corajosos que se embrenham nessa difícil empreitada. Quero destacar três conselhos relativamente simples mas que fazem muito sentido para mim e para alguns dos profissionais que mais me inspiram.

1- Conheça seu cliente e consuma seu produto.

A primeira dica é elementar mas extremamente valiosa. Fazer uma publicação sobre um produto, em qualquer formato que seja (texto em blog, arte no Facebook, vídeo para o YouTube etc), demanda conhecimento. O trabalho do redator, por exemplo, chega a se assemelhar ao de um ator em determinados momentos, já que ele precisa se despir de preconceitos e preferências pessoais para encarnar a linguagem e o discurso da marca para a qual está criando um conteúdo. Assim como os artistas do teatro fazem um intenso trabalho de imersão para construir suas personagens, o profissional do marketing digital, especialmente o que produz conteúdos, precisa internalizar o produto, absorvê-lo da maneira mais completa possível.

dicas-conteudo-de-qualidade2-min

Cuidado para não se afogar durante a imersão.

Para isso, nada mais fundamental do que consumir o produto ou fazer uso do serviço que você está promovendo. Conheça bem o processo, visite o local de produção, estabeleça uma relação com as pessoas que estão por trás daquela dinâmica. No final das contas, são muitos os profissionais que dispenderam trabalho para fazer existir o produto cuja promoção está em suas mãos. Sentir-se parte dessa grande engrenagem fará com que você tenha propriedade para vender o que quer que seja de maneira embasada, coerente e, o mais importante, sincera.

2- Fidelidade e flexibilidade.

Como dito anteriormente, a criação de conteúdos de qualidade na web é um processo que se baliza por um planejamento prévio. É esse planejamento que dá a direção e aponta claramente quais serão as etapas e os objetivos que esperamos e podemos alcançar. Escrito idealmente de maneira bastante criteriosa por um planner, o planejamento norteia as tarefas da equipe de produção de conteúdo, que deve ser fiel a ele. Essa fidelidade é importante para dar coerência e coesão entre os diferentes conteúdos em variados formatos, já que um conteúdo realmente relevante não é nunca singular, estando sempre inserido em uma série de outros conteúdos paralelamente desenvolvidos. Por mais que um ou outro se destaque mais do que os outros, é o conjunto das publicações aquilo que podemos chamar verdadeiramente de conteúdo de qualidade.

dicas-conteudo-de-qualidade3-min

As estradas podem fazer curvas…o planejamento, também.

No entanto, ao mesmo tempo em que trilhar o caminho desenhado a partir do planejamento é a regra, também é saudável e positivo que essa trajetória seja permeável à receptividade do público e ao feeling de quem o está concretizando. O trabalho em marketing digital é feito por pessoas e para pessoas. Portanto, ser flexível e ter sensibilidade é tão vital quanto saber canalizar bem a criatividade. Corrigir a rota anteriormente calculada quando a realidade exige é fundamental. É essa sensibilidade de saber ler os números e indicadores que permite ao planejamento se enriquecer e refinar, tornando-se ainda mais positivo e, ao final, vitorioso em seus objetivos de audiência e repercussão.

3- Olhe ao redor (não apenas da tela).

Criar nunca é tarefa fácil, não importa de que tipo de criação estejamos falando. Às demandas de prazos e formas somam-se nossas oscilações de humor e inspiração. É muito comum termos os famosos “brancos”, momentos em que, diante de uma página em branco, travamos completamente. Também não é raro, principalmente entre os que são mais exigentes, avaliarmos nosso trabalho e o conteúdo que produzimos de maneira a subvalorizá-los. “Hmm, não era bem isso”, “eu sei que posso fazer algo muito melhor do que isso, mas hoje não consigo”, “esse texto está muito ruim, vou descartar”…diante desses fantasmas, o mais importante é não dar espaço para o medo se instalar, tampouco o pessimismo. O ofício de ter ideias para preencher de vida o esqueleto do planejamento exige que tenhamos confiança (e café em nossas xícaras).

dicas-conteudo-de-qualidade4-min

As melhores ideias do mundo estão aí dentro da sua cabeça. Liberte-as!

É importante estimularmos nossa criatividade através daquilo que nos inspira. Ir ao cinema, ao teatro, consumir boa literatura, sair por aí, viajar, ir a um parque ou praça, assitir o sol se pôr…permitir com que cada um desses momentos se converta em informação e sensação útil em nossa cabeça fará com que os insights surjam com mais frequência. Olhar ao redor e saber o que está acontecendo no seu bairro, na sua cidade, saber mudar o foco e sair das bolhas que inevitavelmente criamos na internet e ver o mundo sob perspectivas diferentes tornará o processo criativo muito mais rico e munido de elementos cheios de potencial. Saber, portanto, enxergar para além do universo digital é uma ótima maneira de encontrar boas ideias para conteúdos na web. Afinal de contas, nunca é demais repetir: estamos falando de pessoas e com pessoas. Quanto melhor nos sentirmos em relação a isso, mais facilmente conseguiremos criar conteúdos de qualidade na web (e fora dela).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *